Bolos , lendas e… paciência!

Houston, we have a problem. Ou: aprenda com os meus erros.

Alguém aí já ouviu aquela história de que não pode comer manga com leite, halls com Coca-cola, bolo quente ou ainda, que não se deve desenformar bolo quente?

Com certeza você já ouviu pelo menos uma dessas ou outras. Mas há um fundo de verdade nisso?

Olha, eu garanto que comer manga com leite não mata ninguém, quer dizer, ninguém que não seja alérgico a manga ou que não tenha intolerância a lactose. Afinal, mango lassi, uma bebida indiana à base de iogurte e manga tá aí para provar isso.

Maaaaassss, eu garanto também que desenformar bolo quente, definitivamente NÃO, eu repito, NÃO é uma boa ideia – humpf!

Acabou de sair do forno. Mal ele sabia...

Desde pequena, quer dizer, desde novinha, frequento a cozinha. Quando menina, me amarrava em fazer bolos pras bonecas. Uns grudes de bolos, solados, que mais pareciam um pudim. Mas não me recordo de ter quebrado um bolo. Até que aprendi a fazer bolos lindos e fofos e comecei a ter pressa e querer apressar o tempo – uma coisa bem de vida adulta mesmo. Tudo para comprovar que não é lenda!

Há consolo: errar é humano.

Meu livro favorito de bolos é o All Cakes Considered, que ganhei de aniversário ano passado. Elegi esse livro porque a autora, a Melissa Gray, se deu ao trabalho de escrever um livro democrático: para os que já sabem muito, para os que já sabem algo e para os que não têm ideia do que é um bolo. Na página 28, ela dá a dica “quando o bolo passar no teste do palito, retire do forno e deixe-o esfriar de 15 a 30 minutos na forma”. Regra BÁSICA. Claro, tem essa ou aquela receita que vai ter uma coisinha diferente, mas essa, pessoas, é uma regra básica e quase universal.

Ahã…

Bolo de amêndoas, para esperar o Tonho chegar. Só pode ter sido a emoção da chegada :/

O tempo passa e a gente começa a acreditar que sabe muito bem o que é lenda e o que é realidade. A gente começa a achar que depois de tantas vezes fazendo certo, não tem mais como dar errado. A gente se dana a lutar contra o tempo e se torna meio impaciente.

Fiz o que pude pra salvar

Não tem jeito. A gente tem mesmo é que aprender com as avós, aceitar que algumas lendas têm um fundo de verdade e que precisamos sempre ter paciência.

Beijos pacientes a todos (=

ps: não, os dois bolos não foram feitos no mesmo dia! O bolo de amêndos era para o Tonho e o de chocolate levei para o trabalho – resolvi que ia fazer ANTES de sair e jurava que ia dar tempo. Ahã….

31 thoughts on “Bolos , lendas e… paciência!

  1. uma amiga me contou, que se o bolo grudar na forma e nao quizer sair de geito maneira, eh soh colocar um pano molhado no fundo da forma, ainda nao pude testar, mas quem sabe funciona :)

  2. Oi Cath, que bom que vc gostou da receita, fico feliz! Então, para fazer no forno, vc te que cozinhar as batatas antes até que elas fiquem ao dente (teste com um garfo). Feito isso, escorra e coloque no refratário, tempere e cubra com o queijo e a manteiga. No caso de não ter chimichurri vc deve usar pimenta calabresa, salsinha, cebola e alho pra que fique mais pareceido com o sabor original. Se não gostar desses ingredientes, tempere do seu jeito que eu tenho certeza que vai ficar bom!!! Muito bom!!!
    E com relação aos bolos, os meus quando quebram é pq não untei direito e olha, é uma coisa que eu odeio demais!!! Mas, em geral, desenformo quente e não quebram… vai saber né??? E bolo quente?? ADoro!!! Beijok

    • Ahhhh, a receita das batatas. Sim, sim. Anotei as dicas! Sobre bolos quebrados… eu sou meio sética com as formas e unto mesmo as de silicone ou de teflon. As vezes que aqui aconteceu foram realmente quando tirei do forno e resolvi desenformar. Assim, sem nem esperar para dizer “olha bolo, você está bom e agora vai sair daí”. Quando desenformo ainda estão morninhos, sim, mas quente, quente mesmo, pra mim não funciona e não aconselho – sem contar que é um certo malabarismo para segurar a forma quente…. ai!
      Agora, comer um pedeço de bolo quente…. ahhhhhhhhhhhh-adoro tmb!
      Bjs!

      • Boa tarde, uma dúvida: quando a receita pede que fure o bolo ainda quente, fure e despeje alguma coisa sobre ele para ficar macio, como faço para desenformar? Tem que desenformar ainda quente? Eu asso em forma de furo no meio, o que vc me aconselha? Bjs
        mpenha.rj@gmail.com

      • Eita, Maria da Penha, isso parece pegadinha ;) Vou lhe dizer o que eu faço aqui em casa, principalmente com bolo de maracujá com calda açucarada: tiro o bolo morno, nunca mais quente, e despejo a calda ainda quente sobre ele. Tecnicamente falando, lhe confesso que não sei se há alguma diferença na absorção da calda quando a massa ainda está quentinha, já a calda sim, essa influencia porque, normalmente, quando quente, a calda fica mais líquida para penetrar nos furinhos – é assim com a calda açucarada de maracujá e também para molhar bolo de chocolate, antes de rechear com chantilly de chocolate.
        Espero ter ajudado!
        Bjs (=

  3. Sabe a origem da lenda da manga com leite? Os senhores de engenho diziam isso aos escravos, que comiam mutas frutas, dentre elas manga. Como leite era produto de luxo, para desestimular o consumo do produto, inventaram essa lenda. Espertos, não? Como os escravos trabalhavam o dia inteiro na colheita e acabavam comendo o que estava mais ao alcance – incluíam-se aí as mangas – pela parte da noite, ao fim da maçante jornada, não poderiam tomar leite. Assim, o sustento dos escravos barateava.
    Engraçado ter mais de 100 anos que não há escravidão, e a lenda perdura até hoje…

    Aê, Nê também é cultura! E participação ative neste blog, rs.

    • Nê! Eu sabia dessa história tmb (= e MUITO BOM ter colocado isso aqui – Nê é cultura SIM e tem voz ativa aqui no Utensílios – uhu!!!!!
      Beijos!

  4. Cath, também não tenho problema em desenformar bolo quente, não… O problema que tenho é ao usar a maldedetta forma de coração. Tive até que comprar aro novo, para consertar o estrago rssss

    Beijos,
    Chris

  5. Oi Cath,
    Eu também desenformo bolo quente… Mas consigo que saia inteiro, desgrude. Até porque nunca sabia se tinha de ser quente ou frio. Mas agora a dúvida cessou. De toda forma, como achava que tinha que ser quente para desenformar, desenvolvi, creio eu, uma técnica. Claro mais trabalhosa. Primeiro, você pega uma faca e passa pela lateral e solta todo o bolo, e com luvas você gira o bolo ainda quente de uma lado para o outro até soltar. E pronto!!! Bolo quente sem quebrar… Sempre funciona, é que sempre achei que bolo se tirava quente. Beijinhos.

    • Ai Dreza, eu prefiro continuar seguindo o conselho de “esperar 15 a 30 minutos”, muita pressa as vezes atrapalha (=
      Bjs!

  6. Pingback: Yes, nós temos bananas – e congeladas! | utensílios

  7. Pingback: Xarope pode ser MUITO bom. Aliás, pode ser MAPLE-BOM! | utensílios

  8. Pingback: Bolo de beterraba. Sim, de beterraba! | utensílios

    • Ana, tomara que não :) Estou também aguardando dois bolos esfriarem. Em março último (2013) fui desenformar um bolo quente – teimosia e pressa – e ainda era em uma forma de furo e alta. Advinha? Quebrou :_( E nem teve como salvar. É assim mesmo, já sabia que isso não funciona comigo e arrisquei.
      E o seu bolo?

    • Oi Ana Paula, o ideal é que esteja frio, principalmente se você morar em alguma cidade mais quente. O chantilly é muito sensível. Aliás, uma dica legal para bater bem o chantilly é gelar a vasilha (principalmente se for de metal) e os batedores. Se não tiver vasilha de metal e sua batedeira for de mão (que dá pra segurar enquanto bate), sugiro colocar a vasilha com o creme de leite imersa numa vasilha com água gelada e gelo. Isso ajuda bastante a achar o ponto certo!
      Espero ter ajudado ;)
      Bjs!

  9. Pingback: Nem sempre eu acerto: como estragar um bolo. Várias dicas :( | utensílios

  10. queria saber se tem alguem com experiência com formas de silicone…comprei uma linda, só que ja tentei fazer dois bolos e todos os dois quebraram e pregaram mesmo estando frio…por favor me ajudem!…

    • Oi Ana Clara! Há mesmo um post sobre forma de silicone aqui, quando relato minhas pazes com uma. Mas a bem da verdade, já não são mais minhas favoritas. Uso ainda somente uma de formato de bolo inglês (que está no post) e as forminhas de cupcake, dei todas as outras que tinha. Não sei se ajudei ou se assustei, rs… bjs!

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s