Duas máquinas de pão a menos, mas minha padaria caseira segue aberta!

Sou fã incondicional da máquina de fazer pão – MFP. Não foi a toa que um dos primeiros posts que publiquei aqui no utensílios foi justamente sobre minha máquina. Mas, é com grande pesar que comunico que a magia do padeiro se desfez aqui na minha cozinha. Não só uma, mas duas vezes!

Minha primeira máquina de pão, aquela que figurava no post, se foi há dois anos. A cestinha perdeu a trava da hélice, foi para autorizada (segunda vez!), dias, semanas, meses para trazer uma peça. Sei lá quantos meses depois, entre esquecimento e desinteresse, desistimos dela e da assistência, mas não desistimos da MFP. Dei a quebrada para abrir espaço para herdar uma nova. UAU! Modelo alemão que ganhei de uma amiga, da marca UNOLD. Mais robusta que a minha antiga, com luz, programação digital. Ficamos todos felizes e impressionados!

Já pifou! Já se foi...

A nova máquina ficou um arraso na nova cozinha, pena que não durou muito. Menos de um ano de uso e zup-zup-zup, a máquina fez barulho, mas não mexeu mais nada! Fiquei desolada, mas feliz porque era dia e eu logo vi o problema. Agora, o que fazer com aquela mistura de farinha, água e fermento que já estava na cestinha da máquina? Ora, ora, o que fazer? Mistura com a batedeira!

Minha nova sovadora de massa: KA se garante!

Sou fã da minha batedeira KitchenAid. Falei um monte sobre ela e sobre o modelo que escolhi e agora, sem máquina de fazer pão, tenho mais e mais certeza de que fiz uma ótima escolha e que fazer pão em casa, não é tão complicado assim.

Minha nova assistente. Se amarra ficar olhando a batedeira. E ali ao lado, a BabyCook dela, hehehehe

Quando a segunda máquina quebrou, queria preparar massa para pizza. Me vi ali, sem máquina e com a cesta cheia de ingredientes, pensei “vou colocar a mão na massa!”. Enquanto procurava uma vasilha, olhei para a KA e tudo ficou mais claro: “vou colocar é a massa na batedeira!”. Sem instrução para velocidade ou tempos, resolvi testar usando o tempo de crescimento da máquina de pão. Funcionou muito bem! Experiência exitosa, deixei fermentando outras ideias para depois.

Colo os ingredientes na vasilha da batedeira, como colocava na máquina

A receita ideal de pão para usar a batedeira

Fiquei depois me perguntando qual seria a melhor receita de pão para testar usando só a batedeira. Lembro que o bagel que fiz usava no vídeo uma batedeira, mas eu fiz na mão. Então, não seria possível que todas as receitas tivessem que usar água morna, que o fermento tivesse que ser adicionado depois. Não sei vocês, mas começa com muito detalhe e já passo a morrer de medo do fermento. O medo cresce e o pão não, sabe?! Por isso que pão caseiro sempre foi visto por mim como algo extremamente difícil de ser feito sem máquina de fazer pão.

Pão integral depois do último crescimento, pronto pra assar na forma inglesa
Pão integral depois do último crescimento, pronto pra assar na forma inglesa

Mas isso mudou quando resolvi simplesmente pegar as mesmas receitas da minha antiga máquina de pão, colocar tudo na batedeira, respeitar o tempo de crescimento indicado no livrinho da MFP e pronto. Meus pães estão lindos, deliciosos e ainda com mais cara de caseiros!!!

O pão integral prontinho!
O pão integral prontinho!

As receitas que encontrei no livro de receita da KitchenAid não me animaram em nada, mas garanto que as do meu livrinho da finada MFP funcionam! Pão branco com aveia, pão integral com centeio, massa para pizza e pão de banana com chocolate. Tudo caseiro, sem grande mistério!

Servidos?
Servidos?

Pão quentinho logo cedo e sem máquina

Uma das coisas mais legais de ter máquina de fazer pão é poder programá-la para finalizar o pão para o café da manhã. Acordar com a casa tomada pelo cheiro de pão caseiro assando ali, pertinho de você, é quase indecente de tão gostoso! Mas e agora, sem máquina?

Coloco a vasilha toda no saco para crescer. Aproveito o saco, se quero congelar a massa!
Coloco a vasilha toda no saco para crescer. Aproveito o saco, se quero congelar a massa!

Sem dramas! Já testei e retestei simplesmente congelar a massa sovada, após todos os crescimentos e retiradas de ar. Pegue a massa, enrole em um plástico e congele. Na noite anterior ao uso, deixe na geladeira para descongelar. Pela manhã, enquanto prepara o café, ligue o formo (temperatura baixa), amasse um pouco a massa com a mão mesmo para tirar um pouco do ar, coloque no formato que deseja: pode ser em uma forma inglesa, enrolado em formato de bolinhas ou como se fosse um baguete. Asse por cerca de 20 minutos e pronto! Café da manhã com pão caseiro quentinho, feito na hora! Nem eu acreditava que podia ser tão simples assim.

Massa descongelada durante a noite, pela manhã,  fiz nesse formato
Massa descongelada durante a noite, pela manhã, fiz nesse formato

Ah, e o pão de banana com chocolate, como a gente não o devora tão rápido como outros pães, congelei algumas fatias envoltas em plástico. Tira do congelador, aquece na torradeira ou no forno e pronto – ou vòila, se sua padaria caseira for francesa: fatia de pão quentinha, louca para ter nutella derretendo nela. Ok, essa parte da Nutella é pura empolgação minha. É que a combinação é quase irresistível.

Café da manhã servido!

Padaria aberta a todo favor, sem máquina

Pronto, não faço questão de uma nova máquina de pão tão cedo. Fazer o pão assim, com certeza dá mais trabalho que com máquina, mas não é um bicho de sete cabeças. Tem que ter um tempinho a mais também, para respeitar o crescimento da massa, que pode totalizar quase três horas. Ótima atividade para o final de semana e já estoca o congelador com vários pães, já pensou?! Bom demais!!!

Pão de banana com chocolate e pão branco com aveia
Pão de banana com chocolate e pão branco com aveia
Retire a fatia congelada e aqueça na torradeira - ou no forno
Retire a fatia congelada e aqueça na torradeira – ou no forno

Deixo aqui uma receita de pão integral, que segue o tempo de crescimento integral. Querem mais receitas? Só avisar!

Beijos fofinhos e quentinhos!

Ai, ai, ai... combinação perfeita: pão de banana com chocolate, quentinho, com Nutella
Ai, ai, ai… combinação perfeita: pão de banana com chocolate, quentinho, com Nutella

RECEITA

Pão Light de Trigo – pequeno, 600gr

#utensílios

– batedeira que seja boa para misturar massa para pão (quem quiser misturar à mão, fique a vontade!), gancho para pão
– saco para envolver a massa para crescer
– copos medidores ou balança
– Forma tipo inglesa, 27,8 cm – opcional

#ingredientes

– 1 copo d’água (250ml), temperatura ambiente
– 1 colher de sopa de manteiga (15gr), de preferência em temperatura ambiente 1 e ½ col/chá (5gr)
– 2 col/sopa de açúcar mascavo (20gr)
– 2 copos de farinha de trigo branca (280gr)
– 1 copo de farinha de trigo integral (168gr)
– 2 ½ col/chá de fermento biológico seco instantâneo (8gr)

#preparo:

– coloque todos os ingredientes na vasilha (bowl) da batedeira, respeitando a ordem dos ingredientes (água sempre no fundo, fermento sempre no topo)
– misture na velocidade média (na minha batedeira, velocidade 3), por pelo menos 7 minutos;
primeiro crescimento: envolva a vasilha com a massa em um saco plástico grande, para que cresça: 30 minutos;
retirada de ar: retire do saco e misture a massa por uns 3 minutos na velocidade média;
segundo crescimento: siga o mesmo procedimento acima. 25 minutos;
segunda retirada de ar: misture por uns 3 minutos novamente na velocidade média;
último crescimento: 70 minutos. Se quiser assar logo depois e já quiser colocar em uma forma inglesa, agora é a hora. Pronto! Antes de assar faça um corte na massa ainda crua (ajudam a crescer de forma controlada e fica mais bonitinho!)

Possibilidades mil: se você quer congelar, pode enrolar no saco plástico e congelar. Se quiser assar, leve ao forno pré-aquecido, 180oC, por cerca de 20 a 30 minutos ou até completamente assado. Se desejar fazer um formato diferente, faça, se desejar assar, fatiar e congelar as fatias para os dias seguintes (ótima opção para família pequena), se desejar adicionar sementes no topo do pão antes de assar… invente!!!

26 Comments Add yours

  1. Fabiana diz:

    Aaaaaaaaaaaai, Tonha! Vou fazer! Vou fazer! Amei. Bj.

    1. cathvale diz:

      E depois que testar, conta se funcionou!!! Que bom que gostou 😀 Bjs!!!

      1. Maria marques diz:

        Olá! Eu acabei de assar esta receita e deu bem certo. Acrescentei o sal, indispensável, 1 cl. chá. Fez o som de oco quando bati e estou esperando esfriar P abrir. Valeu!

      2. cathvale diz:

        Sim, sal é importante, Maria! Eu sou ruim de sal mesmo, esqueço com frequência 😛 E que tal, ficou bom? Tomara que sim!

  2. Michele diz:

    adorei sua dica, pode mandar mais receitas? Já tentou fazer pão italiano? Eu ja fiz o pao australiano com ela ( de mistura pronta , acho que é da Otker) e o pão de fubá, ficarm bons mas endurecem muito rápido….

    1. cathvale diz:

      Que bom que gostou, Michele! Já fiz uma receita de pão italiano temperado, mas na minha época de MFP, leva cebolinha, parmesão… bem bom! Nunca fiz o asutraliano, mas ainda vou arriscar, só que não curto mistura pronta. Tenho medo de fazer pão, mas prefiro não facilitar com massa pronta, vá entender 😉 Qual receita você gostaria mais: pão branco, de banana com chocolate, centeio, massa para pizza? Essas são as que já testei fazendo na batedeira também. Bjs!

      1. Lusinele Ferraz diz:

        Olá, gosto muito do seu blog. Tb sou apaixonada por pão caseiro. Aqui em casa uso muito a MFP da Britania. Vc poderia publicar a receita do pão de banana com chocolate ? Abraços

      2. cathvale diz:

        Oi Lusinele! Vou providenciar a receita, sim! Me dê um tempidinho (= Aliás, você me deixou foi com uma vontade danada de fazer o pão de banana novamento, hehehehe.
        Bjs!!!

  3. Patrícia diz:

    Oi Catharina!
    será que dá para postar todas essas? ou me enviar por mail? Adoro minha MFP, mas tive que deixar ela na Alemanha… além de não caber na mala, ainda era 220V/50Hz, aqui no Rio é 127V mas tive medo de estragar mesmo usando transformador, pois aqui a frequência é 60Hz…
    Como é só por um ano, achei que dava para sobreviver sem ela, mas se eu pudesse fazer um pãozinho caseiro assim gostoso, a família ia adorar! então esse de banana com nutella, ai, já estou com uma fome daquelas!!
    (Não tenho KA aqui, mas uma batedeira com aqueles batedores enrolados, para massa pesada, deve dar conta do assunto, não? Senão, nada me resta a não ser sovar… fazer o quê? exercitar os músculos do braço ou pedir ajuda pró maridão.)

    1. cathvale diz:

      Oi! Vou tentar postar algumas receitas a mais, sim! Vou fazer um post sobre grãos e apresentar umas receitas 😉 Meus pais mais integrais e com grãos fazem sucesso com meus amigos alemães 🙂

  4. Eric diz:

    Adorei o post, primeira vez no blog. Adoro um utensílio maaaaas, fazer pão para mim esta altamente relacionado com mão na massa! Com o tempo fui aposentando qualquer utensílio para esta tarefa em especifico. Já tentou (ok, eu preciso fuçar mais o blog…)? Sugiro um teste num dia de inspiração excepcional. Com o tempo o medo vai embora e vc consegue sentir se vai dar certo só de tocar na massa… É magico e terapêutico.

    1. cathvale diz:

      Hehehehe já fiz pão sovando a massa à mão também, mas ainda prefiro usar a ajuda da máquina 😉 Faço bagel em casa e costumo fazer à mão, mas da próxima, quero usar a máquina. A última vez que fiz pão de queijo, como estava na casa de minha mãe, que não tem batedeira, usei as mãos mesmo. Dá super certo, maaaaassssss, prefiro a ajuda da máquina. Sem contar que a Isabel se amarra em ficar olhando a máquina funcionar – terapia para a pequena chef e para a mamãe aqui hehehehe Mas que bom que você adora, assim sempre terá pão bom, fresquinho, independente de máquina 😉

  5. Thais diz:

    Oi Catharina!!!
    Estou encantada com o blog, detalhes e atenção com que descreve.
    Estou às vésperas de comprar minha KA, mas fiquei em dúvida quanto à capacidade da Artisan ou da profissional 5. Preciso da maquina para uma receita específica de rosca tradicional da família que levam 2 kgs de farinha, além dos pães mais simples e outras delícias.
    Você acha que a Artisan dá conta do recado? Vi por suas receitas que as quantidades que você costuma usar são pequenas, mas já usou com maior volume? Qual sua opinião?
    Obrigada por compartilhar suas impressões. 🙂

    1. cathvale diz:

      Nossa, Thais! 2 kg é muita coisa! Dá uma olhada na tabela com as capacidades de cada batedeira (pela tigela), comprei uma Artisan justamente por ter capacidade maior (5,7 litros, 9 xícaras americanas). Receitas usando até 1 kg de trigo já fiz, mas 2kg… Compraria uma maior. Espero que lhe ajude (=
      Abrs!

  6. Flávia diz:

    Pão de maçā com canela! Usa suco de maçã e taca passinhas!
    Diliçaaaaa….

    1. cathvale diz:

      Legal! Suco de maçã natural?

  7. Eduarda diz:

    Adorei as dicas. Tenho uma KA mas não fiz pão ainda. Você é muito prática e objetiva. Obrigada!!!

    1. cathvale diz:

      Oi Eduarda, que bom que gostou do Utensílios! Teste uma receita de pão com a sua KA, não vai se arrepender 😉 Bjs!

  8. Leila Fonseca Gosciola diz:

    Olá, adorei a ideia de congelar o pão…vou tentar!
    Vc já fez pão de queijo na sua batedeira?
    Gostei bastante das receitas dos pães , vou tentar fazer!
    Abraços!

    1. cathvale diz:

      Sim! E funciona super bem 🙂

  9. juliane martinello diz:

    Obrigada por dividir isso!
    Acabei de ganhar minha kitchenAid e PRECISAVA fazer pão nela, mas não se acha mta informação na internet. Acabei caindo aqui e adorei!
    mil beijos!!

    1. cathvale diz:

      Oi Juliane! Já viu que tem uma receita de pão de leite fofinho com passo-a-passo para fazer com a sua KA? Dá uma olhada 🙂 Bjs!

  10. Felipe diz:

    Depois que comprei a kitchenaid, praticamente abandonei a maquina de pão! kkk não gostava daquele formato quadrado, então ja tirava de lá sempre antes de assar. Não gostava do jeito dela de esperar, porque ela aquecia, e o pão ficava com gosto de fermento. Gosto da massa quando crescer em temperatura ambiente, o pão fica bem mais saboroso! Fora que a kitchenaid consegue bater mais de 1kg de farinha, e a maquina com 650gr ja começa tremer rs
    Só uso agora a máquina quando a clientela ta grande e preciso de mais pães que o tempo de bater da kitchenaid!

    1. cathvale diz:

      Eu sigo sem máquina de pão por aqui, Felipe. Mas a máquina de pão te seu valor 😉 E as batedeiras então… hehehehehe 🙂

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s