Tecnologia Air Fryer: um tapa no meu preconceito!

É chato de admitir, mas todos nós temos nossos preconceitos. E um dos meus, confesso, era com essa história de fritadeira sem óleo, tipo AirFryer. Quando comecei a pesquisar sobre essa maquinhinha concluí que não podia ser assim, tão espetacular. Concluí que eu não precisava, porque não fazia muita fritura em casa. Concluí que a AirFryer jamais substituiria meu forno para nada. E, depois de uns meses, concluí que estava enganada! A minha fritadeira veio na hora certa para afinar certos preparos na minha cozinha e sim, ela é mais prática que o forno em algumas situações.

AirFryer_Descobrindo a Maquina

Eu já tinha tirado a AirFryer da minha lista de desejos quando, de repente, vários amigos próximos começaram a falar bem. Uma das melhores cozinheiras que conheço, Dona Lígia, que faz de tudo em casa, estava feliz com a dela. Um colega de trabalho também trouxe boas notícias e várias dicas, uma amiga blogueira, nosso padrinho de casamento e grande amigo da família, e até meu cunhado, que nunca se animou para cozinha, falava com orgulho do seu frango a passarinho feito na AirFryer! Peraí, eu tinha que conhecer isso mais de perto! Por que de repente todos queriam fritar sem óleo?

O fascínio pela friturinha

Lembro que quando fui escolher o cardápio do nosso casamento, a mocinha do buffet, no cume de sua sinceridade disse: “pode escolher esses canapés mais elaborados, mas cá entre nós, o povo gosta mesmo dos clássicos, das frituras. Eu se fosse você, escolheria pelo menos a bolinha de queijo e a coxinha. São sempre as que acabam primeiro nas festas!” Ela sabia bem do que estava falando. E estava certa: é das frituras que eles gostam mais!

AirFryer_MassaFalafel

Li no livro Prato Sujo – como a indústria manipula os alimentos para viciar você, da Marcia Kedouk (Super Interessante) que esse fascínio do ser humano pela gordura vem da pré-história. É como se nosso cérebro ainda não tivesse superado a programação de “estocar gordura para as épocas de estiagem”. O cérebro não acompanhou a evolução para essa era de orgia gastronômica na qual vivemos, do comer por prazer, do comer rápido. Instintivamente acabamos optando pelo alimento mais gordo. Não sou só eu, nem é só você: somos nós, hehehehe

AirFryer_MassaFalafelEnroladinha

Já que o gosto pela fritura está incutido em nós, pobres mortais, que assim seja. Uma fritura aqui e outra ali não é o que vai estragar minha saúde. Mas, cá entre nós, faz uma diferença danada na cozinha! Fritar em casa é quase sempre sinônimo de deixar o fogão todo engordurado, ficar com o cabelo cheirando a fast-food, e, normalmente, a sala também fica com aquele cheiro de óleo. Então, se é para saciar a vontade pela friturinha, que seja com estilo: friturinha, sem óleo!

Fritura sem gordura no fogão, assar sem medo de perder o tempo

Para mim é o pulo do gato desse tipo de fritadeira: você não precisa guardar evidências das frituras no seu cabelo, nem na sua roupa. Você não vai ficar fedendo e seu fogão não vai ficar cheio de respingos de óleo. Você não vai precisar juntar o óleo num vidro para jogar fora. Aliás, você vai usar menos óleo em casa – vai economizar! Além de tudo, você pode programar para fritar e ir tomar banho, enquanto a máquina faz o serviço. E como se tudo isso já não fosse bom, você ainda vai servir comida mais saudável para as pessoas na sua casa!

Quando realmente me interessei foi que entendi que Air Fry é a tecnologia de fritar em temperatura quentíssima – como um forno. Daí o nome: fritadeira à ar, ou algo assim. Frita com o ar quentíssimo usando a gordura do alimento.

Do manual da máquina da Philco:

“A fritadeira Air Fryer Saúde possui uma nova tecnologia para fritar alimentos sem óleo. Essa Tecnologia possui um inovado sistema de turbilhonamento interno de ar quente, fazendo com que ar quente mantenha-se em movimento por todas as direções . Com isso o calor envolve os alimentos por completo, proporcionando alimentos crocantes por fora, macios por dentro e sem a necessidade de utilizar óleo.”

É legal ou não é? Mas sabe o que não é legal? O preço!

AirFryer_MassaFalafelCongelados

Marcas e marcas de AirFryer

Quando falavam de AirFryer para mim eu na hora pensava na PoliShop, que vende a da marca PhilipsWalita, que é uma das mais caras: pra lá de mil Reais (R$ 1.199,00 em maio/2014). Mas há também da Philco, que custa quase 50% menos, tem ainda da Cadence e da Mondial, com preço ainda mais em conta. Dependendo do tanto de fritura que você faz, o preço pode ser alto.

AirFryer_FalafelProntoNaCesta

A minha, que ganhei de aniversário (maio/2014) é da Philco. Cada modelo tem sua particularidade: divisor interno, diâmetro da máquina, livrinho de receita… E claro, a marca preferida de cada um. Fica a seu critério! Achei um blog SUPER interessante que traz comparativos e inúmeras receitas, é o Fritadeira Sem Óleo, se quiser mais info, vale uma visita.

AirFryer_MaquinaON

A minha está ficando no balcão. Ainda quero mudá-la de lugar, pois me incomoda o espaço que ela ocupa ali. A máquina ocupa um certo espaço, desproporcional a cestinha onde fica o alimento, mas para uma família de 4 a 6 pessoas acho super prática.

Enfim, eu estou muito feliz com a minha! Logo na noite que ganhei tratei de testar duas receitas: batata frita e falafel. E ambas funcionaram lindamente! Aliás, passamos a comer mais falafel depois da nossa máquina (= salmão douradinho ali também é divino!

AirFryer_FalafelProntoDouradinhos

Falafel na AirFryer: fresco ou congelado

Sou fã de falafel desde 2004, quando morei em Viena. Comia quase toda semana. Aqui no Brasil, esse bolinho está virando moda agora – ainda bem! E sempre quando fazia pensava: vou testar no forno… mas na hora H ficava com medo de “estragar” a receita. Dessa vez, foi tudo na AirFryer e os oito que sobraram foram lindamente congelados!

AirFryer_FalafelProntoDouradinhosDentro

Receita de Falafel:

#Utensílios:
Mixer-de-mão potente ou multi-processador
– Vasilha
– Espátula e colher
– Medidores: copo e colher
– Balança
– Frigideira ou AirFryer

#Ingredientes:
– 1 xícara (medida americana) de grão de bico cru
– 1 cebola média ou meia grande (já usei cebola roxa)
– 4 dentinhos de alho
– 1 col/sopa de cominho em pó
– 1 col/chá de sal
– 1 col/chá de pimenta síria (usei vermelha, piri-piri)
– 2 col/sopa de coentro fresco picado
– 2 col/sopa de salsinha frescas picada
– 4 col/ sola de trigo ou semolina (normalmente uso trigo ou farinha de arroz, para uma versão sem glúten)
– óleo para fritar (se usar a AirFryer, nem precisa!)

#Preparo:
1. Deixar o grão de bico cru de molho em água (1 medida de grão de bico – 2 de água): da noite pro dia (as vezes resolvo fazer em cima da hora e coloco água fervente e deixo por pelo menos 20 minutos, coberto)
2. Tirar o grão de bico d’água e passar no mixer/ triturador.
3. Acrescente o alho e a cebola
4. Acrescente os demais ingredientes, menos o trigo
5. Depois, vá acrescentando aos poucos o trigo, pode ser que 4 colheres sejam suficiente, pode ser que precise de um pouco mais. Teste fazer uma bolinha com as mãos (não precisa polvinhar nada nas mãos, nem precisa passar as bolinhas na farinha).
6. Faça as bolinhas (eu gosto de usar a colher medidora grande para separar a massa, assim as bolinhas saem quase todas do mesmo tamanho)
7. Esquente a AirFryer por 3 minutinhos, a 200ºC
8. Coloque na cestinha e asse por 20 minutos, até que fiquem douradinhos!
9. Sirva com salada, com molho tahini, com arroz, sirva como preferir

Dicas:
>>> Congelar falafel: coloque as bolinhas moldadas em uma bandeja e leve ao congelador. Quando endurecer, coloque num saquinho e pronto! Quando quiser, só tirar do saquinho e colocar na cestinha da AirFryer (=

21 Comments Add yours

  1. Andrea diz:

    Tenho a da Mondial há mais de 1 ano e uso todos os dias. Amo! Minha dica é o blog do Maurício que experimenta várias receitas com ela e nos passa o tempo e as receitas. Acredito que vc possa se inspirar apesar das fritadeiras serem de marcas diferentes. O endereço é: http://fritadeirasemoleo.blogspot.com.br/

    bjimm e sucesso pra ti
    Andrea

    1. cathvale diz:

      Oi Andrea! O blog do Maurício é justamente um dos que eu indico (= Muita coisa legal mesmo!

  2. Carol diz:

    Poxa, minha melhor amiga comprou e ele nao funciona direito, será que é o dela que ta ruim? Eu to louca por um. O mixer de mao ja encomendei na Amazon, ta chegando essa semana…

    1. cathvale diz:

      Hehehehehe mixer chegando… adorei! Sobre a máquina da sua amiga, sei não, qual a marca? O que acontece? Carol, como disse, eu estou BEM feliz com a minha e as minhas amigas também. Vai fundo e depois me conta 😉

  3. Fabiana diz:

    Aaaaaaai! Eu quero umaaaaaa!

    1. cathvale diz:

      Hahahahahaha cade o João?! Coitado dele 😛

  4. marcbina diz:

    O falafel fica uma maravilha! Por mim, comia todos os dias 😀

    1. cathvale diz:

      Indiretas… 😉

  5. Cristiane diz:

    Seu post me ajudou muito, agora vou decidir qual marca comprar… BJJ

    1. cathvale diz:

      Feliz em ajudar, Cris (=

  6. Jacqueline. diz:

    Muito legal seu blog, parabéns!

    1. cathvale diz:

      Oi Jacqueline (= Obrigada!!!

  7. Natty diz:

    Vim aqui fuçar sobre a airfryer… Sempre fui louca pra comprar uma desde que foi lançada no Brasil pela Polishop, mas o preço era salgado demais… Agora com a concorrência o preço ta ficando mais acessivel, ne… Enfim, meu problema é que aqui na França tem varias mas a maioria vc tem que usar ainda uma colher de cha de oleo e eu quero uma que seja possivel fazer as friturinhas com zero oleo 🙂 🙂 🙂 (Desculpa os acentos… Teclado français) Beijos

    1. cathvale diz:

      Natty, que saudades suas por aqui 😉 Sim, o preço está mais acessível e outra, aqui, a maioria dos modelos vendem dizendo que uma colherzinha de óleo, mas eu não coloco quando faço falafel, nem quando faço hamburguer (faço de carne e de vegetais), e funciona! Acho que depende do que você está fazendo. Já fiz batata com e sem óleo, ambas ficaram boas, mas dependendo do paladar, as feitas com um oleozinho ficam melhor. Vai de cada um 😉 E a Babycook da Beaba, já achou?
      Beijos!

  8. Seu blog é sensacional! Adoreeei tudo! Além de você escrever super bem o conteúdo me interessa MUITO 😉

    1. cathvale diz:

      Obrigada, Mariana! Volte sempre (=

  9. Daniele diz:

    A fritadeira é muito boa. Para mim a grande vantagem é que é só colocar a comida lá e ligar kkkk. Economizo tempo cozinhando, além de dar uma ajuda na saúde. Muito bom o texto, beijos.
    http://www.tudonapanela.com.br

    1. cathvale diz:

      Que bom que gostou, Daniele! Aqui seguimos usando firme e forme, seja para pão de queijo, falafel ou outras delícias 😉

  10. Kel diz:

    Olá! Descobri seu blog hoje (em busca de resenhas de processador de alimentos). Eu também demorei a me render aos encantos da Air Fryer. Comprei há cerca de 1 1/2 numa promoção da Polishop. Sinto-me na obrigação de falar que a cesta do modelo Philips-Walita é muito ruim para limpar (principalmente se preparamos algum alimento naturalmente com gordura). Se soubesse disse, teria comprado de outra marca.

    1. cathvale diz:

      Oi Kel! De fato, as cestas, no geral (independente da marca) são bem chatas para limpar. Mas está gostando de usar? Abrs!

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s