Pão de leite fofinho – a receita, com passo-a-passo

on

Desde a primeira vez que coloquei uma foto desses pães, me pediram muito pela receita. Porém, prefiro compartilhar receitas que já testei pelo menos três vezes, pois isso me dá mais conhecimento acerca do preparo e com a possibilidade de ajudar a sanar dúvidas que possam surgir. Pois bem enquanto testava e postava fotos, os pedidos foram aumentando e isso acabou me inspirando para fazer uma série só de receitas para o Blog, com passo-a-passo mais detalhado. Essa receita é a de estreia e é ótima para encorajar as pessoas a fazerem pães em casa. Ela desafia muitas teorias da panificação, simplifica processos e cumpre o prometido: um pão fofinho, super cheiroso e saboroso em menos de 2 horas! E uma receita que adora e que já fiz mais de três vezes e, ao que tudo indica, vou continuar fazendo.

paodeleite_20Este não é um pão elaborado, com complexidade de sabores, que normalmente são meus favoritos. Porém, este é um pão, para mim, com sabor de infância! Pão de leite incrementava o lanchinho da tarde entre amigos, antes de fazer o trabalho da escola. Numa época em que ninguém falava de glúten, de integrais, de restrições. Daí vem a simplicidade do sabor e ao mesmo tempo, o que enriquece cada mordida com boas lembranças! Hoje em dia, de fato, eu consumo pouquíssimo pão branco e esse faz parte do menu das exceções. Adoro!

paodeleite_03paodeleite_04Como funciona? Por que é tão prático?

A padaria é uma arte de paciência e dedicação. Pão normalmente demora para crescer, não gosta de ser apressado. Esse não. Esse é um pão de meninos com pressa, com sabor de leite. Ele só pede uma horinha de crescimento e logo vai para o forno. Aqui está um dos segredos: o forno não deve jamais estar pré-aquecido!

paodeleite_05paodeleite_08Para quem já gosta de panificação, como eu, aqui é a hora de deixar todas as regras básicas de lado: nada de mexer de mais a massa, nada de somente modelar após o crescimento da massa, nada de assar em forno médio a quente e nada de pré-aquecer. Ao colocar a massa no forno ainda frio, estamos deixando tempo para o fermento crescer ainda, até que o forno atinja a temperatura de 200ºC. Isso também é possível graças ao fermento biológico que utilizamos, que já tem culturas preparadas para crescerem mais rápido, do que um fermento natural, por exemplo.

paodeleite_09paodeleite_07A receita e seus detalhes

Há receitas semelhantes que prometem um pão de liquidificador. Não se engane, mesmo um excelente liquidificador caseiro não tem motor, nem estrutura para bater uma massa de pão com essa quantidade de trigo, que deve ficar solta. Já fiz também à mão, sovando a massa toda. Deu certo, mas de fato, a forma menos trabalhosa é com uma batedeira capaz de bater massa de pão.

paodeleite_10Para isso, testei várias vezes a minha KitchenAid. Aqui, indico inclusive a velocidade e o tempo para bater a massa. Para quem tem outra batedeira ou prefere sovar à mão, sem problemas! Mãos à obra, sabendo que alguns tempos indicados poderão ser diferentes. Certinho? Vamos lá!

paodeleite_13#Utensílios: 

paodeleite_14#Ingredientes:

  • 250 ml de leite morno
  • 2 ovos
  • 2 colhes de sopa (26g) de açúcar refinado
  • 1 colher de chá (7g) de sal branco
  • 1 colher de chá (5g) de fermento para pão, granulado
  • 40 ml de óleo vegetal
  • 1 colher de sopa (16g) de manteiga (pode usar margarina se preferir)
  • 4 a 5 xícaras (500 a 600g) de trigo branco refinado, sem fermento

paodeleite_15#Preparo:

  1. Aqueça o leite, ou no microondas ou em uma panela no fogão. Cuidado para não ferver! Faça o teste: assim que começar a enfumaçar, retire do fogo, coloque o dedo no leite e conte até 5, pausadamente. Se conseguir contar sem se queimar, a temperatura está boa para ativar o fermento. Para quem prefere fazer uso de termômetro culinário: se a temperatura ultrapassar 43ºC irá matar o fermento e a massa não irá crescer. A temperatura deve estar idealmente entre 35º e 40ºC.
  2. Coloque na vasilha da bateira: os ovos, o óleo, o açúcar, a manteiga, o fermento, o leite e uma xícara de trigo. Abaixe o gancho da batedeira, comece a bater na velocidade 2. Isso ajuda a incorporar melhor os ingredientes e evita que os ovos cozinhem em contato direto com o leite. Bata por 1 minuto.paodeleite_16
  3. Pare a batedeira, levante a parte do motor, raspe as paredes da vasilha e acrescente então mais 1/3 da farinha de trigo. Bata na velocidade 4 da KA, por mais um minuto. A massa aos poucos vai começar a desgrudar da parede da tigela, já que o gancho traz os ingredientes para o centro para incorporá-los e aos poucos vai se formando uma bola.
  4. Reduza a velocidade para 1 e acrescente o restante do trigo. Isso evitará que o trigo se espalhe. Depois de incorporado, aumente a velocidade novamente para o 4 e deixe sovar por mais uns 6 a 8 minutos.paodeleite_17
  5. Perceba se a massa está ainda muito pegajosa (veja foto). Se estiver grudando muito nos dedos, acrescente mais um pouco de farinha, sempre colher a colher, para não correr o risco de deixar a massa pesada demais.
  6. Quando pronta a massa, desligue a batedeira, retire a tigela e comece a modelar os pãezinhos. Para garantir que todos tenham o mesmo tamanho, sugiro usar uma balança culinária: 35g por pão é um bom tamanho para formar um tabuleiro. Lembre-se de que você não precisa untar suas mãos, a massa não deverá estar colando entre os dedos, tampouco você precisa trabalhar a massa sob uma superfície enfarinhada.paodeleite_18
  7. Na forma preparada (untada ou coberta com papel manteiga) coloque as bolinhas separas em cerca de 4cm uma das outras, deixando espaço para elas crescerem.
  8. Quando terminar de modelar toda a massa, cubra a forma com um pano molhado (úmido, não pingando!). Isso é importante para manter a umidade na massa e evitar que a casca resseque, impedindo o pão de crescer.
  9. Leve a forma com os pães modelados e coberta com o pano para descansar por uma hora em um lugar seco e escuro, como por exemplo: dentro do próprio forno desligado, do microondas ou mesmo de um armário. Procure não apressar esse processo, para que o glúten desenvolva junto com o fermento e o resultado seja de um pão mais macio.
  10. Finalmente: retire o pano, veja como seus pães cresceram! Agora o toque final: pincele leite sobre os pães, acenda o forno a 190ºC e leve para assar, colocando na prateleira central do forno – muito em cima, poderá queimar o topo, muito embaixo, queima o fundo. Lembre-se: o forno deverá ser aceso na hora de assar. Nada de pré-aquecer! 30 a 40 minutos depois, o pão deverá estar pronto, dourado e fofinho.paodeleite_19
  11. Retire do forno, deixe descansar por pelo menos 5 ou 10 minutos, para então tirar da forma. Deixe resfriar sob uma superfície arejada, para evitar que o pão fique úmido por baixo. Ou se preferir, sirva ainda quentinho!
  12. Dicas: se o pão queimar um pouco, poderá grudar na forma, cuidado para não assar demais. Para guardar o que sobrar, coloque em um pote fechado, ou envolto em um plástico, isso assegura que ele fique macio. Consuma o quanto antes: no máximo em até dois dias, depois ele começa a ficar duro demais. Ah, se quiser, pode colocar gergelim, açúcar ou raspas de côco sobre os pães, antes de levar para assar.

Espero que gostem do post e que testem a receita!

Beijos de pão de leite!

paodeleite_21

31 Comments Add yours

  1. Patrícia diz:

    Bom dia Cath!

    Mas que lindos, esses pãezinhos! Recebi a notificação de novo post enquanto estava aqui com o meu pequerrucho a tomar o pequeno-almoço** e fui espreitar…
    Ah, deu vontade de correr para a cozinha e pegar uns ainda quentinhos do forno! Com manteiga a derreter em cima…
    Acho que vou ter que fazer uma fornada já amanhã.
    Os seus estão tão com carinha de infância, espero conseguir fazer assim também. O passo a passo é uma ótima ajuda, por isso vou tentar, mesmo sem Kitchen Aid e balança (a minha quebrou e como estamos de mudança ainda não comprei uma nova, rss)

    Beijos do Rio!
    Patrícia

    ** é o café da manhã em Portugal… mas ainda não me habituei a dizer assim, soa-me estranho falar de “café” quando as crianças não o bebem. Curioso, não?

    1. cathvale diz:

      Patrícia, quanto tempo, hein?! Nem precisava ter explicado o que é o pequeno-almoço, é uma das palavras que gosto do português do lá do Atlântico, mas que tão pouco consigo me acostumar. Mas de fato, nunca tinha pensado sob a ótica das crianças, que não tomam café. Aí comecei a viajar em como é em outras línguas e fui longe 😀
      Bom, espero que você teste a receita tão logo possível e que também tenha sabor de infância ❤ Como a receita traz dois tipos de medidas, a balança não se faz essencial. Tampouco a batedeira específica. Vais fazer a mão ou com outra batedeira? Se for sovar à mão, misture com a ajuda de uma colher todos os ingredientes conforme expliquei, depois em uma superfície lisa e limpa, coloque o restante do trigo, faça um "vulcão" no centro e despeje a mistura base. O resto é igual! Sovar, sovar, sovar, acrescentar mais trigo se necessário, sempre devagar. E se estiver mais frio por aí pelo Rio, como já está por aqui, o melhor é deixar a massa descansar por mais uns minutinhos.
      Beijos!

  2. hummm, vou me arriscar! Obrigada pelo passo a passo! Beijos

    1. cathvale diz:

      De nada, Mali! E é para se arriscar mesmo, hein?! 😉

    1. cathvale diz:

      Sim, sim, Vivi! Pode colocar por exemplo na massa toda, ou fazer as bolinhas e recheá-las individualmente. 🙂 Estamos agora mesmo fazendo um pão novo 😀

  3. Oi tudo bom?

    Acho que sou sua mais nova fã! rsrsrs

    Sou apaixonada por pão, antigamente era viciada em pão francês de padaria, mas descobri uma receita na internet que super funciona [se quiser te passo o link depois] e descobri que o pão de casa é infinitamente mais gostoso.

    Nessa receita posso susbstituir o fermento granulado por aquele fresco em tablete?

    Beijo

    1. cathvale diz:

      Oi Paloma! Já testou a receita? Desculpa a demora em responder :/ Pode substituir sim, mas a proporção é um pouco diferente. Você prefere o fresco? Testa com o granulado 😉 Mais garantido! Bjs e volte mais vezes por aqui!

  4. Luana Baleeiro diz:

    Cath, querida! Encontrei o Utensílios ao “googlar” algum utensilio desejado e foi amor a primeira vista!
    Quanto amor em só lugar, este post do pão é de uma dedicação sem igual. Meus parabéns e muito obrigada por compartilha tudo isso conosco! 🙂
    Apesar de amar cozinhar, até hoje nunca tinha me aventurado a fazer pão. Quando vi esse seu passo a passo tão cuidadoso, resolvi por a batedeira na massa e lá estão os queridos enroladinhos no pano molhado dentro do forno e eu aqui morrendo de expectativa para vê-los gordinhos… rsrs Eu ainda não tenho uma KA, então coloquei a walita pra trabalhar… me parece que a pobrezinha deu conta… rsrs
    Se eles chegarem perto da lindeza dos seus, te marco no instagram..rsrs
    Bjo

    1. cathvale diz:

      Oi Luana! Feliz que tenha gostado 🙂 Então, minha dica é que se for comprar nos EUA, compre pessoalmente. Mandar entregar no Brasil não compensa, os impostos de importação serão tão altos que sairá quase o mesmo preço – pois você ainda pagará pelo peso da carga enviada. Assim, se você compra pessoalmente lá pagará menos de 300 UDS, o que está dentro dos gastos permitidos pela Receita e você não precisa pagar imposto extra (a não ser claro que você esteja trazendo muitas outras coisas!). Espero que isso ajude!

  5. juliane martinello diz:

    Ai estou no desespero. Acabei de descobrir teu blog e adorei mto. Quando me vi lendo um post de 2011 que a ficha caiu “acho que ela não está postando mais muito”.
    Já estou me sentindo orfã de vc! Me identifiquei mto com tudo que escrevesse aqui, tbm amo cozinhar mas sou ansiosa e elétrica, por mais que eu faça mil vezes a mesma receita as vezes esqueço o fermento ou de colocar sal no frango hahahaahahah
    morri de rir no post do macarrão na pia, pq domingo passado fiz isso na casa da minha avó! QUE VERGONHA. faço macarrão pelo menos 3x por semana e do nada faço esse erro absurdo só por preguiça de procurar o escorredor!!!
    Cath volta a ser ativa, por favor! quero mtos mais textos teus!
    mil beijos e obrigada por dividir tudo isso! ♥

    1. cathvale diz:

      Ahhhhhh, obrigada, Juliane! Não sumi, não! Esse ano mesmo já publiquei alguns textos. Estou com um no forno há mais de um mês, mas a vida ficou mais corrida do que imaginava 🙂 Mas comentários assim me motivam, pode ter certeza. Obrigada e em breve, novidades!

      1. juliane martinello diz:

        Ufa! O que eu mais gostei daqui é que vc divide todas as experiências, tanto boas quanto ruins. O jeito que você escreve é leve e muito divertido, meu trabalho até atrasou por aqui hahaha
        obrigada, mil beijos!

  6. Thais diz:

    Cath, to na mesma situaçáo da Juliane, me sentindo órfã, mas feliz por ter aproveitado bastante do seu blog. O último sucesso foi esta receita de pãezinhos de leite fiz há uma semana e todos amaram. Congelei alguns e com 15 segundos de microondas eles ficam como recém saídos do forno.
    Posso fazer um pedido? Vc poderia escrever sobre processadores? Estou no segundo processador de mixer q quebra e agora decidi comprar um maior, mas estou com muitas dúvidas…
    A propósito, a kitchenaid, comprada com base nos seus relatos, segue como o melhor investimento da cozinha. Obrigada por compartilhar!!! =)
    Abraços

    1. cathvale diz:

      Oi Thais! Eu não abandonei meu blog não!!! Só que realmente, não consigo encontrar tempo para finalizar meus posts – pesquiso bastante para cada um. Comentários como o seu e da Juliane são motivadores, pode ter certeza! Dica para escrever sobre processador anotada e já tenho material. O meu é da Eletrolux, já adianto 😉
      Abraços! (=

  7. Elaine diz:

    Meu Deus, descobri um tesouro srrsrsrsr… Me casei em Setembro e amo cozinhar, mas como sou marinheira de primeira viagem, pesquiso muito, e numa dessas pesquisas (tamanho de formas adequadas para cada preparo) descobri esse blog fantástico.
    Não vejo a hora de estreiar minha batedeira KA fazendo esse pãozinho, espero acertar rs…
    Parabéns pelo blog, já estou apaixonada.
    Beijos e até mais

    1. cathvale diz:

      Feliz que tenha gostado, Elaine! E seu pão vai dar certo sim, é facinho 🙂 Espero que encontre aqui mais dicas para lhe ajudar em casa. E sempre que quiser, volte por aqui (=

  8. Priscila diz:

    Posso botar queijo parmesão na massa?

    1. cathvale diz:

      Pode sim. Mas cuidado para não colocar muito e comprometer a textura da massa. Se quiser não arriscar a textura pode rechear na hora de moldar as bolinhas e polvilhar por cima. Abrs (=

  9. Vera diz:

    Acabados de fazer, fantástico, alterei metade da farinha de trigo para integral, ja provei e adorei. Obrigada pela partilha! Mas, tenho uma duvida, os meus so cresceram a cozer, e isso acontece m com todas as massas, alguém tem o mesmo problema? Obrigada 🙂

    1. cathvale diz:

      Que bom, Vera! Sabe que essa receita especificamente ainda não testei com integral, quem sabe agora? 😉 Sobre o crescimento, esta receita especificamente pede um crescimento somente, se sua massa não está crescendo muito, observe o tempo, pois a massas integrais pedem mesmo mais tempo de descanso, as vezes até meia hora a mais. Espero que isso lhe ajude (= Abrs!

  10. Alexandre diz:

    Depois de feito a massa posso congelar para assar depois ?

    1. cathvale diz:

      Alexandre, eu sempre congelo massas de pães e pizza, mas nunca testei com essa. Você testou? Caso positivo, compartilha com a gente (=

  11. Patricia Maria Sousa diz:

    Vou experimentar a receita dos pães de leite, obrigada

    1. cathvale diz:

      Espero que goste, Patrícia (=

  12. Neia Valim diz:

    oi amei a receita acabei de fazer …aguardando a massa descansar (crescer)

    1. cathvale diz:

      Deu tudo certo, Neia? 🙂

  13. Erica Silveira Martins diz:

    Amei essa receita, fiz e estão crescendo, massa maravilhosa!!!!!

    1. cathvale diz:

      Feliz que tenha gostado, Erica!

  14. Helena oliveira diz:

    Adorei a sua receita ficou lindo

    1. cathvale diz:

      Que alegria saber que gostou 🙂

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s